News
Carregando...

A Teoria de Tudo

A Teoria de Tudo!

Ou... The Theory of Everything

Esse título é um papoco. Partindo da teoria "não julgue o livro pela capa" eu julguei o filme pelo nome e pelo trailer, e sai logo amando ele. Me decepcionei? Pouquíssimo. Um filme que vale apena assistir? Sem dúvidas.

Antes de mais nada, lá vai o trailer..



O filme gira em torno de um dos físicos mais famosos do mundo, Steven Hawking. Este tem sua vida retratada de forma surpreende, tanto em suas descobertas, pontos altos na carreira, como na vida pessoal, na sua doença degenerativa, oque acaba provocando tanto sentimentos de alegria como uma constante pena. Convenhamos, ninguém gosta de sentir pena e eu senti o filme inteiro. Quando eu não sentia do Steven, eu sentia da esposa, quando não era da esposa, era do rapaz que a esposa se apaixonou, e quando eu achava que não tinha mais ninguém pra sentir pena, eu senti de mim, porque o filme acabou.

Agora partindo do lado história história mesmo, o filme tem vários climaxs, o agravamento da doença, a separação, as dificuldades e o mais irônico nisso tudo, é que Hawking tem sua tese baseada no "Tempo", e bom, ''Tempo" é oque ele menos tinha.

Em pouco mais de 120 min, tem drama, genialidade física de uma forma nada entediante (juro), humor (sim, humor! As vezes um humor irônico, mas sempre cai bem) e claro a pena constante.

Coleguinhas, assistam o filme, o meu deu um bug louco duas vezes e eu dei replay lutei contra as forças do mal e assisti completo (muita força de vontade mesmo), Segue a tirinha que eu mesma fiz dando uns mil pauses e voltando vinte vezes o filme (que orgulho).



Compartilhar no Google Plus

Sobre Matheus Fontenele :

Estudante, blogueiro, faz bicos como designer gráfico. Entretanto, é um clássico amante de filmes e séries. Veja mais | Facebook
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário